Dia dos Mortos

Ontem foi dia de finados… no Final de semana onde ocorreram as festas de Halloween (que ja mencionei anteriormente)

Então por que não fala de algo haver com tudo isso???

Porque não falar de Musica que tenha a haver com isso???

Vou Falar então de uma banda pouco conhecida das pessoas chamada Z1bi zumbi_do_matodo Mato (Zumbi do Mato)

A banda ja esta na “estrada” a 20 anos tem 4 CDs, o primeiro “Menorme”(1998)  com 28 musicas, o segundo “Pesadelo na Discoteca”(2000) com 23, terceiro “Adorei a Mesinha” (2005) 14 e o quarto “Toma, Figurão”(2008) 20 .

Com musicas como: O Espírito do Rato, Buraco do Jabor, Campanha pela Moralização das Faculdades de Direito, Música Polisensorial do Tom Waits para Surdos, Meu Filho Diferente. O Z1bi do Mato vem Angariando algusn poucos fãs que gostam de dar risadas.

O grupo é composto por 4 integrantes

Zé Felipe – Baixo
Renzo Braz – Bateria
Gustavo Jobim – Teclado
Löis Lancaster – Voz, Aititia, Castanhola e Thrown Bone.

Como podem repara não exitem nem guitarras, nem violões no Grupo deles unicos e diferentes.

Quem ja assitiu alguma apresentação do mesmo ao Vivo sabe como é divertido ver Löis Lancaster em toda sua genialidade.

Algumas reações e dizeres ao escutar suas musicas:

“Inclassificável. A anarquia musical do Zumbi do Mato não tem precedentes na música brasileira. Consegue ser engraçado sem ser bobo e inteligente sem ser babaca, coisa muito difícil.”
(Renato Nunes – Rock Brasília Desde 1964)

“Música anárquica, quebra-cabeças sonoros e líricos e o riso garantido”
(Giglio – Working Class Anti-Hero)

“Petardo”
(Fernando Carneiro – Revista Zé Pereira)

“Estupefaciante novo disco do Zumbi, a única banda de rock que realmente existiu no Brasil nos últimos 20 anos (só o Zumbi realmente propõe – sem propor – alguma coisa)”
(João Paulo Cuenca – O Globo Online)

“A mais sensacional banda do Brasil?”
(Hermano Vianna)

“O Zumbi sempre faz o ‘anti'”
(Maurício Valladares – Programa Ronca Ronca – Oi FM)

“Punk-experimental-excepcional – tenho curtido quase que religiosamente”
(Buda Verde)

“‘Toma, Figurão’ é bagunça sonora e um ar de ‘a que horas sai a cerveja?'”
(Rubens Herbst – A Notícia – Joinville/SC)

“[Um dos] discos lançados no Brasil em 2008 que mais me interessaram”
(Otaner – La Cumbuca)

“I love this! I haven’t heard a Casio keyboard sounding so good since The Fall’s early records. Wonderful”
(Andrew Gardner)

Segue 3 das  musicas que mais gosto

Ps:” Bate, bate, bate, com a pontinha do rodo no cucuruto dele p ver se ta mesmo morto”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: