Arquivo para dezembro, 2009

…FELIZ ANO NOVO…

Posted in Variedades on 29 de dezembro de 2009 by Luis Claudio Melo

UM VELHO POEMA QUE INDICA NOSSOS DESEJOS PARA VOCÊS E PARA NOS MESMOS

Desejo, primeiro, que você ame,
e que, amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer
e esquecendo não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
mas se for, saiba ser sem desesperar.

Desejo também que você tenha amigos
que, mesmo maus e inconsequentes,
sejam corajosos e fiéis,
e que pelo menos em um deles
você possa confiar sem duvidar.

E porque a vida é assim,
desejo ainda que você tenha inimigos,
nem muitos, nem poucos,
mas na medida exata para que, algumas vezes,você se interpele a respeito
de suas próprias certezas.
E que, entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo, depois, que você seja útil,
mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
quando não restar mais nada,
essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante,
não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
mas com os que erram muito e irremediavelmente,
e que fazendo bom uso dessa tolerância,
você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem,
não amadureça depressa demais,
e que, sendo maduro, não insista em rejuvenescer,
e que, sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
é preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo por sinal que você seja triste.
não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
que o riso diário é bom,
o riso habitual é insosso
e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra,
com a máxima urgëncia,
acima e a despeito de tudo, que existem oprimidos,
injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato,
alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
erguer triunfante o seu canto matinal,
porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente,
por mais minúscula que seja,
e acompenhe o seu crescimento,
para que você saiba de quantas
muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
coloque um pouco dele
na sua frente e diga “isso é meu”,
só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
por ele e por você,
mas que se morrer, você possa chorar
sem se lamentar, sofrer e sem se culpar.

Desejo por fim que você, sendo um homem,
tenha uma boa mulher,
e que, sendo uma mulher,
tenha um bom homem
e que se amem hoje, amanhã e no dia seguinte,e quando estiverem exaustos e sorridentes,
ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
não tenho mais a te desejar.

…SÃO OS VOTOS DE TODOS DO nCo….

Anúncios

Sinais de que seu gato esta planejando te matar…

Posted in Humor, Variedades, WTF on 29 de dezembro de 2009 by Luis Claudio Melo

Ps: Não é pra menos que eu não confie em gatos…

Cheiro de Goiaba

Posted in Literatura on 29 de dezembro de 2009 by Luis Claudio Melo

Conversas de Gabriel García Márquez com Plinio Apuleyo Mendoza

“O casamento, como a vida inteira, é alguma coisa de terrivelmente difícil, que é preciso tornar a começar desde o princípio todos os dias, e todos os dias da nossa vida. O esforço é constante e inclusive estafante, muitas vezes, mas vale a pena. Um personagem de um romance meu diz isso de uma maneira mais crua: “O amor também se aprende.”

 “- Minhas relações com os meus filhos são excepcionalmente boas, como você diz, pelo mesmo que lhe disse da amizade. Por mais consternado, exaltado, distraído ou cansado que esteja, sempre tive tempo para falar com os meus filhos, para estar com eles, desde que nasceram. Na nossa casa, desde que os nossos filhos têm o uso da razão, todas as decisões são discutidas e resolvidas em comum acordo. Tudo se conduz com quatro cabeças. Não faço isso por sistema, nem porque pense que é um método melhor ou pior, mas sim porque descobri de repente, quando os meus filhos começaram a crescer, que a minha verdadeira vocação é de pai: gosto de ser, a experiência mais apaixonante da minha vida foi a de ajudar os meus dois filhos a crescerem e acho que o que fiz melhor na vida não são os meus livros e sim os meus filhos. São como dois amigos nossos, mas criados por nós mesmos.

– Você divide os seus problemas com eles? 

– Se os meus problemas são grandes, tento dividi-los com a Mercedes e com os meus filhos. Se são muito grandes, é provável que recorra também a algum amigo que possa me ajudar com as suas luzes. Mas se são grandes demais, não consulto ninguém. Em parte por pudor e em parte para não passar para a Mercedes e para os meus filhos, e eventualmente para algum amigo, uma preocupação adicional. De modo que os engulo sozinho. O resultado, é claro, é uma úlcera de duodeno que funciona como um sinal de alarme e com a qual tive que aprender a viver, como se fosse uma amante secreta, difícil e às vezes dolorosa, mas impossível de esquecer.”

 “Os dois filhos do casal, Rodrigo e Gonzalo, têm com o pai uma relação excelente: cúmplice e sempre com um rastro de humor de parte a parte. “Onde está o famoso escritor?” brincam ao chegar em casa. Nos países latino-americanos, onde os ricos não têm respeito pelos pobres, nem os brancos pelos pretos, nem os pais pelos filhos, a experiência realizada por Gabriel se situa na direção contrária. Nenhuma explosão de fácil autoridade com os dois rapazes, mas sim um tratamento de rigorosa igualdade quase desde que estavam no berço. O resultado é muito aceitável: donos das suas próprias opções, os dois encaram as pessoas e a vida em geral com uma boa dose de inteligência e humor.”

Livia D-X

O Que Aprendi Ficando Bebado: (ou vendo os outros ficarem)

Posted in Homem, Humor on 29 de dezembro de 2009 by Luis Claudio Melo

A terra gira mais rapido quando eu deito…

Fabio Rabin – Mulheres

Posted in Homem, Humor, Mulher, Stand-Up on 28 de dezembro de 2009 by Luis Claudio Melo

Eu até agora acho que não coloquei nenhum desses stand-up comedy que fazem muito sucesso aqui pelo brasil, surgiu esse ano que passou como uma mania que não para de crescer.

Criado a partir do modelo Estadunidense de comedia(que tem coisas fantasticas ao mesmo tempo que tem coisas ruins) vou colocar de vez de ambos os paises os que mais se destacarem para mim.

Segue abaixo uma apresentação (que pelos termos de internet ja esta velho)do comediante Fabio Rabin que vi no site do testosterona.

Ps: “Esteira, abdominal sei la”

O Que Aprendi Ficando Bebado: (ou vendo os outros ficarem bebados)

Posted in FAIL, Homem, Humor on 28 de dezembro de 2009 by Luis Claudio Melo

Nunca vomite pela janela num carro em movimento. E ao pararem o carro, não tente segurar para abrir a porta…

O Que Aprendi Ficando Bebado:(ou vendo os outros ficarem bebados)

Posted in Homem, Humor on 27 de dezembro de 2009 by Luis Claudio Melo

Sempre mijar a favor do vento. Afinal não existe chuva morninha…